Centro de Análise SIRGAS no DGFI-TUM

O Deutsches Geodätisches Forschungsinstitut der Technische Universität München (DGFI-TUM) tem estado envolvido nas actividades de investigação do SIRGAS desde a criação do SIRGAS em 1993. A DGFI-TUM coordenou as campanhas SIRGAS GPS de 1995 e 2000 e actuou como centro de análise de ambas as campanhas contribuindo para as soluções finais conhecidas como SIRGAS95 e SIRGAS2000. Em Junho de 1996, a DGFI-TUM estabeleceu, em acordo com o Serviço Internacional GNSS (IGS), o Centro Regional de Análise de Associadas da Rede IGS para SIRGAS (IGS RNAAC SIRGAS) e assumiu a responsabilidade de processar as estações SIRGAS em funcionamento contínuo numa base semanal. Esta responsabilidade inclui também o cálculo de soluções cumulativas (multianuais) e modelos de velocidade para SIRGAS (conhecidos como VEMOS) para monitorizar a cinemática da rede de referência SIRGAS. Desde 2008, com a criação de diferentes centros de processamento de SIRGAS sob a responsabilidade de agências latino-americanas, a DGFI-TUM concentra-se no cálculo da rede continental de SIRGAS e na combinação desta rede com as soluções entregues pelos centros de processamento latino-americanos para as densificações nacionais de SIRGAS. O cálculo de soluções multianuais e modelos de velocidade continua a ser uma contribuição principal da DGFI-TUM para o SIRGAS.

A DGFI-TUM acolheu o portal SIRGAS www.sirgas.org entre Julho de 2007 e Julho de 2021, quando o Comité Executivo do SIRGAS decidiu mudar o sítio web do SIRGAS para https://sirgas.ipgh.org/. Todos os assuntos oficiais relacionados com o SIRGAS estão disponíveis no novo site. Neste portal, www.sirgas.org, apresentamos estratégias de análise, resultados de investigação e produtos de dados gerados pela DGFI-TUM como um Centro de Análise de SIRGAS e como o IGS RNAAC SIRGAS.

O acrónimo original de SIRGAS (Sistema de Referência Geocêntrico para a América do Sul) mudou em 2001 para Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas, seguindo a recomendação da 7ª Conferência Cartográfica das Nações Unidas para as Américas (Nova Iorque, 22 - 27 de Janeiro de 2001) para adoptar SIRGAS como o sistema de referência em todos os países americanos. Em 2020, o acrónimo de SIRGAS mudou novamente para Sistema de Referência Geodésico para as Américas, uma vez que os objectivos do SIRGAS foram alargados à determinação de um sistema unificado de referência física para gravimetria, alturas físicas e geóide. Esta mudança está de acordo com as recomendações surgidas no Workshop Internacional para a Implementação do Global Geodetic Reference Frame na América Latina, realizado em Buenos Aires, Argentina, em Setembro de 2019.

Contact

Dr.-Ing. Laura Sanchez
lm.sanchez@tum.de

80333 München
Arcisstr.21
Tel. +49 89 23031-1295
Fax +49 89 23031-1240