SIRGAS: Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas

O SIRGAS é o Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas. Sua definição é idêntica a do Sistema de Referência Terrestre Internacional (ITRS: International Terrestrial Reference System) e sua realização é uma densificação regional da realização do ITRS (ITRF: International Terrestrial Reference Frame). Além do sistema de referência geométrico, o SIRGAS se ocupa com a definição e realização de um sistema de referência vertical, o qual está baseado em altitudes geodésicas como componente geométrica e em números geopotenciais (referidos a um valor W0 global convencional) como componente física.

O projecto SIRGAS teve início na Conferência Internacional para a Definição de um Sistema de Referência Geocêntrico para a América do Sul, celebrada em Assunção, no Paraguai, em 1993. Esta Conferência foi convocada e patrocinada pela Associação Internacional de Geodésia (IAG: International Association of Geodesy), pelo Instituto Panamericano de Geografia e História (IPGH) e pela U.S. National Imagery and Mapping Agency (NIMA), atualmente National Geospatial-Intelligence Agency (NGA). O nome inicial do SIRGAS (Sistema de Referência Geocêntrico para a América do Sul) foi alterado em Fevereiro de 2001 para Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas devido à realização SIRGAS2000 incluindo dados de estações localizadas nas Américas do Norte e Central, bem como à recomendação da Organização das Nações Unidas, em sua Sétima Conferência Cartográfica das Américas (Nova York, 22 a 26 de Janeiro de 2001), sobre a adoção do SIRGAS como sistema de referência oficial em todos os países das Américas.

O SIRGAS é um componente da Comissão 1 (Reference Frames) da IAG, por meio da Subcomissão 1.3 (Regional Reference Frames) e é responsável pela realização do Sistema de Referência Regional para as Américas do Sul e Central (1.3b Regional Reference Frame for South and Central America). Além disso, o SIRGAS atua como um grupo de trabalho da Comissão de Cartografia do IPGH.

As atividades, resoluções e desafios do SIRGAS estão descritos nos diferentes Boletins Informativos produzidos durante os Simpósios SIRGAS.

O SIRGAS fornece o suporte necessário para o desenvolvimento e a combinação de todo tipo de atividades práticas e científicas relacionadas com a determinação precisa de coordenadas, navegação, investigação em geociências e aplicações multidisciplinares. Em particular, o SIRGAS se constitui na camada fundamental da infra-estrutura de dados espaciais na região e oferece apoio permanente ao Comitê Regional das Nações Unidas sobre a Gestão da Informacão Geoespacial para as Américas (UN-GGIM: Américas), cujo principal objetivo é a promoção da Resolução sobre o Sistema de Referência Geodésico Global para o Desenvolvimento Sustentável, proveniente da Assembleia Geral das Nações Unidas, em 26 de Fevereiro de 2015.

O sucesso do SIRGAS, enquanto sistema de referência e como comunidade técnica, é possível devido à manutenção de uma rede social muito ativa, a qual é composta por pessoas e organizações trabalhando em conjunto para atingir os objetivos do SIRGAS.